Lutos: Tema Vital

R$175,00

Descrição

Vivemos o paradoxo da negação da morte e a necessidade, cada vez mais crescente, de compartilhar este tema. Convivemos com um acúmulo de informações e de imagens sobre a morte de pessoas anônimas, distantes geograficamente e também com a possibilidade de identificação a estas pessoas pela idade, aparência ou profissão. A morte se mantém insuperável, a despeito do avanço da medicina possibilitar o maior convívio com o envelhecer. A cultura da dissimulação da morte esvazia o sentido da vida, alimentando a ilusão de controle e dominação. A arte de viver alimenta a necessidade de se educar para a morte. Educação não como doutrinação, prisão a padrões rígidos de referências ou receitas prontas. Educação como desenvolvimento pessoal, ampliação da sensibilidade e da consciência. Educação para a morte é reconhecer nossa vulnerabilidade, conviver com o mistério, com o silêncio e com o vazio, que está repleto de possibilidades. Envolve as interações consigo, com os outros e com a vida, o convívio com as crises, com as turbulências, com as perdas de pessoas significativas, dores, limites e o confronto com a própria morte, articulados ao bem estar e às várias possibilidades de se ser criativo para se conectar aos recursos disponíveis à superação das adversidades, colocando-se como sujeito da própria vida. Os lutos estão presentes em nossas dores físicas e emocionais. As situações são diversas, adversas, mas não necessariamente adversárias.

REF: JDbGV Categoria:

Informação adicional

Apresentação do curso

Vivemos o paradoxo da negação da morte e a necessidade, cada vez mais crescente, de compartilhar este tema. Convivemos com um acúmulo de informações e de imagens sobre a morte de pessoas anônimas, distantes geograficamente e também com a possibilidade de identificação a estas pessoas pela idade, aparência ou profissão. A morte se mantém insuperável, a despeito do avanço da medicina possibilitar o maior convívio com o envelhecer. A cultura da dissimulação da morte esvazia o sentido da vida, alimentando a ilusão de controle e dominação. A arte de viver alimenta a necessidade de se educar para a morte. Educação não como doutrinação, prisão a padrões rígidos de referências ou receitas prontas. Educação como desenvolvimento pessoal, ampliação da sensibilidade e da consciência. Educação para a morte é reconhecer nossa vulnerabilidade, conviver com o mistério, com o silêncio e com o vazio, que está repleto de possibilidades. Envolve as interações consigo, com os outros e com a vida, o convívio com as crises, com as turbulências, com as perdas de pessoas significativas, dores, limites e o confronto com a própria morte, articulados ao bem estar e às várias possibilidades de se ser criativo para se conectar aos recursos disponíveis à superação das adversidades, colocando-se como sujeito da própria vida. Os lutos estão presentes em nossas dores físicas e emocionais. As situações são diversas, adversas, mas não necessariamente adversárias.

Os profissionais da área de saúde, cuidadores deveriam incluir o reconhecimento e a capacidade de conduzir a dor da perda entre suas qualificações clínicas. Esse profissional tem oportunidades claras e deve ser treinado para identificar os diversos aspectos do luto, dar apoio e orientar o encaminhamento para tratamento psicoterápico, quando necessário. O profissional que, geralmente, acompanha o paciente e sua família por longo tempo, tem uma dificuldade dupla para lidar com a morte: elaborar suas próprias emoções, o seu próprio luto, bem como cuidar dos familiares enlutados, durante o seu sofrimento. Na formação desses profissionais de saúde é preciso lembrar que um dos instrumentos que utiliza é a si próprio. Assim, é significativo fazer uma constante revisão e reflexão de sua práxis, perceber conflitos, frustrações, sentimentos despertados em cada situação. A possibilidade de compartilhar experiências e pontos de vista com outros profissionais favorece a familiarização sobre o assunto.

Objetivos do Curso

Possibilitar aos alunos a distinção dos diversos tipos de luto e refletir sobre suas implicações nos contextos pessoal, familiar, social, profissional e espiritual.

Público Alvo

Alunos e profissionais das áreas de saúde e educação interessados na discussão responsável sobre Lutos: Tema Vital.

Carga horária do curso

O curso de Extensão em Lutos: Tema Vital tem carga horária de 40 horas, distribuída em atividades à distância no ambiente virtual de aprendizagem. O curso ficará disponível por 3 meses.

Estrutura Curricular

A estrutura curricular do curso é composta pelos seguintes módulos:
Módulo 1: Pensamento Sistêmico como base de compreensão das interações e formação de vínculos
Módulo 2: Luto nos diferentes ciclos da vida, Família e a Morte
Módulo 3: Diferentes tipos de lutos e como Lidar com a Morte

Coordenadoras do curso

Gláucia Rezende Tavares
Psicóloga clínica, especialista em Psicologia Clínica, mestre em Ciência da Saúde da Criança e do Adolescente, coordenadora do Comitê de Cuidados Paliativos da SBPO 2008-2010, membro do comitê CP da Somiti, sócio-fundadora Formata, professora da Universidade Fumec.

Marília Ávila de Freitas Aguiar
Psicóloga, Mestre em Psicologia Clínica pela PUC SP.
Doutora em Ciência da Saúde da Criança e do Adolescente pela Faculdade de Medicina da UFMG.

Vice-Presidente SBPO 2008-2010, Presidente da SBPO em Minas gestão 2010- 2012, coordenadora do Curso de Especialização à distância em Psico-oncologia pela PGCMMG, cocoordenadora do Curso de Especialização à distância em Cuidados Paliativos pela PGCMMG, distinção de conhecimento em Psico-oncologia pela SBPO, distinção de conhecimento em Psicologia da Saúde pela Alapsa, sócia-fundadora Formata – Capacitação para lidar com a morte, o morrer, as perdas e os lutos.

Sistema de Avaliação

A certificação do curso de Extensão em Conceitos Básicos de Saúde Ocupacional está vinculada ao aproveitamento geral no curso igual e/ou superior a 70% do total.

Serão considerados aprovados os alunos com nota igual ou superior a 70 pontos obtidos no questionário avaliativo disponibilizado ao final do curso. Os alunos que apresentarem nota igual ou inferior a 69 pontos poderão refazer o curso e o questionário durante o período de vigência do curso –12 semanas.

Certificação

O certificado digital de conclusão de curso será gerado automaticamente ao final do mesmo, após a realização do questionário avaliativo final, desde que o aluno atinja nota igual ou superior a 70 pontos.

1 avaliação para Lutos: Tema Vital

  1. admin

    Maravilhoso!!!

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *